Dia da Família

Para assinalar o Dia Internacional da Família, 15 de maio, a Fundação Infantil Ronald McDonalde a fotógrafa Isabel Saldanha lançam a exposição fotográfica itinerante “Um dia de cada vez”, nas Estações Ferroviárias do Rossio, em Lisboa, de S. Bento, no Porto, e também em Coimbra. A exposição relata a vida de muitas das mais de 2650 famílias de crianças em tratamento hospitalar que a Fundação, as Casas e o Espaço Familiar Ronald McDonald já acolheram e apoiaram de diferentes formas.

 

“Se tivesse que dar um nome a estas histórias seria sem qualquer dúvida: “um dia de cada vez.” Foi a frase que mais ecoou neste desafio da Fundação Infantil Ronald McDonald™. Não seria melhor que uma Ted Talk escutar as histórias de vida destas famílias para sentir o valor da gratidão e do tempo. Por muita paridade que se sinta, é infinita a lição que estas famílias carregam e transportam. É como se a justiça divina lhes desse uma luz diferente por cada pedaço de escuridão. Sou mãe e não alcanço a força necessária que é preciso para permanecer amando e desanimando na mesma equação. Não consigo imaginar a vida suspensa numa incógnita, não a minha, ainda menos a das minhas. E depois há aquele sorriso constante que dá apelido à Esperança, e uma graça infinita no coração apertado destas famílias e que se alarga em cada sinal de melhoria, como uma nota de cor numa canção otimista. “Um dia de cada vez”. O tempo passa a ser uma unidade ínfima. Não se lê e não se conta. A realização pessoal e profissional padece, mas não fica congelada, é amplificada em cada segundo que passa, em cada dia, de cada vez. Ascendem a uma categoria de superior, não aceitam elogios heróicos, nem histórias de vitimização, mas quem os ouve pressente, que ali habita um herói num lugar de gente. Ou não vivesse toda a humanidade na permanente ambição, de aprender a lição, de um dia de cada vez.”

Isabel Saldanha
Exposição “Um dia de cada vez”