FAMÍLIA BASÍLIO

Mãe Genevy 
Filha Mavy

Um dia sonha voltar com a pequena Mavy para as Filipinas. É só mais uma intervenção, depois outra e outra, as que forem necessárias para que tudo fique bem. “Deixei de contar”, diz. Repete-se a mesma sabedoria de “um dia de cada vez”. A Casa tem sido aquele braço que nos segura quando tudo parece ruir. Sem recursos para pagar alojamento e alimentação, a Genevy diz com um sorriso rasgado que esta “gente” é boa mesmo. E nós reparamos no sorriso tímido da Mavy essa mesma confirmação. Do colo da mãe para o colo da Casa. E mesmo que o fim pareça às vezes tão longe, há um espaço de confiança tão grande nos abraços destas paredes, que quase automaticamente, sabemos que no final vai tudo correr bem.

Foto e texto by Isabel Saldanha